Destaque

Problemas respiratórios em gatos


Você sabia que gatos também podem sofrer com problemas respiratórios como asma e pneumonia?


Assim como em humanos, nos felinos domésticos algumas doenças respiratórias têm seus sintomas desencadeados por fatores como clima, poeira, ácaros, pólen, fumaça, cheiros fortes, entre outros. Em outros casos, a doença respiratória pode se manifestar como oportunista, em decorrência de outra doença que esteja debilitando o organismo do animal.


Conheça abaixo algumas das doenças que acometem os pulmões e as vias respiratórias dos gatos.


Doenças virais: rinotraqueíte e calicivirose.


A rinotraqueíte, também conhecida como gripe do gato, é causada pelo herpesvírus e o contágio ocorre por contato direto com secreções de nariz ou olhos e também por espirros. Gatos de qualquer idade podem ser afetados, mas filhotes são mais suscetíveis a pegar a doença. Os principais sintomas são:


- Espirros

- Tosse

- Febre

- Conjuntivite

- Falta de apetite

- Lesões na boca (ùlceras)

- Pneumonia.


Já a calicivirose é provocada pelo calicivírus e o contágo ocorre pelo contato direto entre o animal doente o animal sadio, principalmente por secreções como a saliva. Também pode ser transmitida por objetos que tiveram contato com o animal doente, como brinquedos e acessórios. Os sintomas são praticamente os mesmos da rinotraqueíte, tanto que às vezes é difícil definir qual das duas doenças está atacando o gato.


A prevenção da gripe do gato e da calicivirose é feita por meio de vacinação nos primeiros meses de vida do animal.

Asma felina ou bronquite alérgica


É uma doença que afeta cerca de 1% dos gatos e que ocasiona uma intensa resposta inflamatória do organismo, além de inflamação/obstrução das vias respiratórias. Pode ser revertida naturalmente pelo organismo do animal em alguns casos, enquanto em outros exige tratamento médico.


Gatos entre dois e oito anos estão mais propensos a desenvolver a doença e as fêmeas têm duas vezes mais chances. Gatos siameses e mestiços de siameses também têm mais probabilidades de serem acometidos pela asma felina. Os sintomas mais comuns são:


- Tosse seca

- Dificuldade pra respirar

- Boca aberta

- Cianose (gengivas e língua azuladas)

- Vômito


O tratamento é feito com medicamentos corticoides e dilatadores das vias brônquicas. De acordo com a severidade do quadro, pode ser necessária terapia com oxigênio e uso de antibióticos, se houver infecção simultânea ou pneumonia secundária. Em casos graves o gato pode necessitar de internação.

Fique atento! Em caso de tosses persistentes, leve seu gato ao veterinário.




Pneumonia


Geralmente a pneumonia é uma consequência de outras doenças, como por exemplo a rinotraqueite ou a FIV (aids felina). Sintomas de pneumonia são:


- Letargia

- Alteração no peso

- Pelo com aspecto feio

- Tosse

- Secreções no nariz

- Espirro

- Febre

- Respiração ofegante.


O tratamento é feito com administração de medicamentos e, se necessário, hospitalização do animal.


Câncer de pulmão


Câncer é o nome dado à proliferação desordenada de células de qualquer tecido do organismo. Os sintomas iniciais de câncer de pulmão são:


- Tosse

- Apatia

- Dificuldade respiratória


Com a progressão do problema, pode haver anorexia, emagrecimento, ruídos na respiração e acúmulo de líquidos no tórax.


O diagnóstico é feito através do exame radiográfico, ultrassom, exames de sangue e biópsia. O tratamento depende do caso, podendo ser cirúrgico ou medicamentoso. Em alguns casos é indicada a quimioterapia.

Fontes: Semeve, Época, Petcare, Webanimal, GuarulhosWeb, CachorroGato, Bolsa de Mulher Pet


Fotos: Semeve, Hogar, Felinos Urbanos, Pinterest, Blog Clinica Cuatro Patas


#problemasrespiratorios #problemaspulmão #dificuldaderespirar

Enquete
Publicações recentes
Arquivo
Tags
Nenhum tag.

Adote um Ronrom © 2016

Site criado por mmkittens.com

  • Facebook Social Icon

Curta o Adote um Ronrom no Facebook

  • Instagram Social Icon

Siga o Adote um Ronrom no Instagram