Política de Adoção do Projeto Adote Um Ronrom

Critérios de adoção: um resumo

  • Maior de 21 anos;

  • Residir na Grande Florianópolis;

  • Residência totalmente telada, independemente se for apartamento ou casa;

  • Se já possui gato deverá apresentar o exame de FIV/FeLV (se tiver mais que 1 gato, deverá apresentar o exame de todos);

  • Ter condições financeiras para arcar com os custos básicos, como: ração Premium, vermífugo, anti-pulgas, vacina. E claro com veterinário sempre que necessário;

  • Assinar Termo de Adoção Responsável, devendo ter reconhecimento de firma em cartório;

Agora iremos te explicar quais são as nossas regras e o porquê delas.

Pedimos que leia com calma e atenção.

Apartamento: todas as janelas, incluindo janela do tipo basculante e vitrôs, janelas de banheiro, área de serviço, sacadas, varandas, terraços devem ter tela de proteção.
No caso de janelas com veneziana que tem abertura para fora, deverá ser instalado a tela de proteção pelo lado de dentro ou uma estrutura pelo lado de fora que permita a instalação da tela de proteção sem prejudicar a abertura da veneziana.

Churrasqueira deverá ter tampa ou tela de proteção removível.

Essas regras também são aplicadas para apartamento térreo.

Basculantes

As imagens foram coletadas do Google Imagem, a fim de ilustrar o exemplo.

Vitrôs

A imagem foi coletada do Google Imagem, a fim de ilustrar o exemplo.

Veneziana

A imagem foi coletada do Google Imagem, a fim de ilustrar o exemplo.

Churrasqueira

A imagem foi coletada do Google Imagem, a fim de ilustrar o exemplo.

Terraço

A imagem foi coletada do Google Imagem, a fim de ilustrar o exemplo.

Casa: todas as janelas, incluindo janela do tipo basculante e vitrôs, janelas de banheiro, área de serviço, sacadas, varandas, terraços devem ter tela de proteção. 

No caso de janelas com veneziana que tem abertura para fora, deverá ser instalado a tela de proteção pelo lado de dentro ou uma estrutura pelo lado de fora que permita a instalação da tela de proteção sem prejudicar a abertura da veneziana.

Pátio e/ou quintal deve possuir tela de proteção, assim como muros que cercam a residência. A fim de impedir que o gato tenha acesso ao telhado ou rua.

Churrasqueira deverá ter tampa ou tela de proteção removível.

 

Importante saber:

  • Se antes da porta de entrada da casa houver garagem, deverá ser instalada tela de proteção, a fim de evitar que o gato tenha acesso a garagem. Mesmo que a garagem tenha portão.

  • Se antes da porta de entrada da casa houver apenas um portão para entrada de pessoas, deverá ser instalada tela de proteção, a fim de evitar que o gato tenha acesso a esse portão/saída.

  • Janelas que dão acesso ao telhado e/ou muro também devem ter tela de proteção.

 

Se necessário, modificar a estrutura do imóvel. Sim, porque gatos escalam tudo com a maior facilidade, e se bobear, eles saem para a rua num instante.

Veneziana

A imagem foi coletada do Google Imagem, a fim de ilustrar o exemplo.

Pátio e/ou quintal

Garagem e/ou Portão de entrada

Se você não pode ou não quer prender o gato dentro de casa, recomendamos optar por outro animal de estimação, como cachorros, desde que fiquem para dentro do portão, longe dos perigos.

Tipos de telas aceitas

  • De polietileno de alta densidade (polímero conhecido pela sigla PEAD). Suporta 500/600 kg de impacto por m². Essa rede possui “nós” entre as malhas. Esta tela deverá ser trocada a cada 5 anos;

  • De aço ou metal;

  • Tela otis;

  • Alambrados fabricados em arame galvanizado (podendo ser revestido em PVC ou não)

O que você precisa saber:

  • ao realizar o agendamento, explique que as telas são para gatos.

  • a trama não deve ser superior a 5 cm e a rede deve ficar bem esticada.

  • acompanhe todo o processo de instalação. Se o profissional deixar “barriga” entre um gancho e outro, peça para reinstalar.

A imagem foi coletada do Google Imagem, a fim de ilustrar o exemplo.

Importância da tela de proteção

 

Estatísticas mostram que gatos que têm acesso a rua vivem em média 3 anos, enquanto gatos de criação indoor vivem em média 15 anos.
O momento em que vivemos não é mais o mesmo que antigamente, aumentou o número de veículos circulando nas ruas, o número de casos de maus-tratos, envenenamento, contração de doenças como:  FIV (AIDS), FeLV (Leucemia) e PIF (Peritonite Infecciosa Felina), que são incuráveis e contagiosas entre gatos

 

Por serem animais considerados muito inteligentes, você pode até duvidar que os gatos possam ser desajeitados ou se atirarem de alturas perigosas. Porém não é bem assim que as coisas são.

 

Seus instintos de caçador são capazes de usar toda a concentração do gato para perseguir um mosquito, uma borboleta ou até mesmo luzes refletidas pelas paredes. E, ao tentar alcançar sua presa, podem perder a noção de altura e espaço, ocasionando em quedas graves. Dentro de casa ainda temos controle sobre os perigos que possam existir, mas janelas, varandas e quintais são o verdadeiro perigo.

 

E não é só a caça que pode colocar o gato em perigo, já que o medo também pode ser um causador de uma possível tentativa de fuga. Barulhos altos demais, pessoas estranhas, outro animal, dentre outras possibilidades, podem assustar o seu gato e, no desespero irá procurar uma rota de fuga, e as janelas, sacadas, basculantes, vitrôs e/ou churrasqueiras poderão ser essa rota.

As exigências para adoção podem parecer exageradas para alguns, mas é uma medida preventiva extremamente importante. Com as janelas, sacadas, basculantes, vitrôs, quintal  e churrasqueira teladas, os gatos não podem fugir e nos prevenimos de uma tragédia anunciada, já que quedas de pequenas ou maiores gravidades são recorrentes na natureza de um gato.

Algumas pessoas dizem que redes de proteção são esteticamente feias, que desvalorizam o imóvel ou que se sentem em uma prisão.
Para aqueles que realmente amam e se importam com a vida de seu gato, não existem desculpas.

 

“Tenho gatos há 10 anos e eles nunca caíram.”

 

Não caíram até hoje, mas você vai esperar algum deles cair, falecer em decorrência de uma queda, para tomar uma providência?

 

“Gato é um animal livre, prendê-lo é maltratá-lo.”

 

Gatos se adaptam muito bem ao espaço que lhe é fornecido. Por isso não ache que deixá-lo dentro de casa é uma maldade.

 

“Tenho um ambiente da casa que não tem tela, mas o gato não vai ter acesso a esse ambiente.”

 

Você pode garantir que não vai esquecer a porta ou janela aberta? Você pode garantir que uma visita, diarista, parente, amigo (a), não vão esquecer a porta ou janela deste ambiente aberta? Você pode garantir que gato não vai aprender a abrir a porta ou janela?

Também poderão ser analisados outros fatores, como:

  • Alergia;

  • Crianças;

  • Animais de outras espécies;

  • Tempo que o animal ficará sozinho;

  • Experiência do adotante;

É importante você saber que cada gato tem uma personalidade e nós procuramos adequar as necessidades de cada animal com as necessidades do adotante.

 

Nosso objetivo é encontrar pessoas dispostas a adotar com responsabilidade e consciência. Procuramos por pessoas que além de oferecer amor e carinho, ofereçam alimentação Premium, tratamento com médico veterinário (quando necessário) e um lar seguro.

Na rua eles experimentam desde a dor de ser abandonado por aquela pessoa em que confiava, até maus-tratos por aqueles que não gostam de sua espécie. Outros já nasceram na rua, mas passam pelo mesmo trauma, de ser maltratado, agredido por pessoas ou animais. Por isso se tornam ariscos, e permanecem por mais tempo em nosso abrigo.


Prezamos pelo bem-estar e segurança de nossos gatos, não abrimos mão dessas regras, nem exceções e não pulamos etapas do processo.

Nosso objetivo é a qualidade da adoção e não a quantidade de adoções.

 

Se você quer adotar com o Adote Um Ronrom, tem que estar de acordo e seguir todas as nossas regras.

 

Se você não estiver de acordo, infelizmente não poderá adotar um gato conosco. Não estamos falando que você seja uma má pessoa ou que não saiba cuidar de um gato. Apenas temos visões diferentes.

 

É um direito seu não concordar com nossa opinião sobre a qualidade de vida e forma de cuidados com os gatos. Neste caso, pedimos apenas respeito.

 Não é de nosso interesse segurar a adoção.

 

Se a adoção é negada, é porque julgamos ser o melhor para o gato. Você pode adotar com outras entidades, em sites e/ou feiras de adoção, e cuidar dele como achar melhor.
 

Todos os gatos acolhidos pelo Projeto Adote Um Ronrom passam por uma consulta com o médico veterinário, é realizado exame de sangue, ultrassom (se necessário), desvermifugação, aplicação de anti-pulgas, exame de FIV/FeLV, vacinação (V4 e Antirrábica), castração para animais com mais de 6 meses.

Todo o tratamento e suporte que for necessário para recuperar o gato, nós iremos fazer.


O gato permanece em quarentena, isolado dos demais gatos, até que todo esse processo acima descrito se complete e o médico veterinário dê o aval que ele está saudável e pode conviver em segurança com os demais gatos que estão no abrigo.

Só após todo esse processo que disponibilizamos o gato para adoção.

 Além disso oferecemos alimentação Premium, um espaço totalmente seguro e gatificado, realizamos ações que os ajudem a se tornarem dóceis.

 

Dedicamos tempo e dinheiro para cuidar deles, para que fiquem lindos, saudáveis e aptos para adoção. Nos apegamos a eles e os tratamos como nossos filhos. Para a gente, eles não são um número, cada gato tem muito valor.

Já vimos muitas adoções “erradas”, preferimos pecar por excesso de zelo , e por amá-los demais que nos tornamos tão criteriosos.

Se você está de acordo com a nossa Política de Adoção, preencha o formulário de interesse em adotar clicando aqui.
Nós iremos
retornar seu contato em aproximadamente 48h úteis, e agendaremos uma visita sua ao nosso espaço. Para que você possa conhecer pessoalmente os gatos, tirar sua dúvidas, para então decidir qual gato irá adotar.

 

Nós também iremos agendar com você uma visita a sua residência, para certificarmos que a mesma está dentro dos padrões de segurança que exigimos.

 

Estando tudo dentro das normas você receberá em seu e-mail o Termo de Adoção Responsável, o qual deverá preencher, assinar e reconhecer firma em cartório. Lembrando de anexar cópia de sua identidade ou CNH e comprovante de residência atualizado (com no máximo 90 dias de emissão).


Assim que estiver com a documentação pronta, agendaremos um dia e horário para levarmos o gato até a sua residência.

Adote um Ronrom © 2016

Site criado por mmkittens.com

  • Facebook Social Icon

Curta o Adote um Ronrom no Facebook

  • Instagram Social Icon

Siga o Adote um Ronrom no Instagram