Destaque

Catnip: dicas para cultivar a erva-dos-gatos em casa


Foto: https://bonnieplants.com/growing/growing-catnip/


Talvez você ainda não tenha usado catnip na sua casa, mas, se você tem gatos e/ou costuma buscar informações sobre o universo felino, certamente já ouviu falar desta plantinha, que também é conhecida como erva-dos-gatos, devido ao poder que ela exerce sobre os felinos domésticos.


Catnip é o nome popular de uma planta herbácea chamada Nepeta Cataria, da mesma família da hortelã, que cresce naturalmente em diversas partes no planeta e que, no Brasil, é usada principalmente pela medicina veterinária como estimulante ou calmante por conter um óleo essencial, o nepetalactona, que atrai especialmente os gatos.


A reação à catnip vai depender de cada animal: alguns podem ficar bastante agitados, correndo de um lado para o outro e rolando no chão, enquanto outros ficarão bem calmos e relaxados. Cerca de 30% dos gatos não demonstram nenhuma reação à planta (isso é mais comum entre os felinos de idade avançada).


Ao entrarem em contato com a catnip, os gatos ficam com os sentidos mais aguçados e podem começar a farejar, miar, esfregar o bigode e a lamber o próprio corpo mais intensamente. O efeito costuma durar cerca de 10 minutos.


No Brasil, a planta é comercializada principalmente de duas maneiras: desidratada ou em sementes. A forma desidratada costuma ser facilmente encontrada em petshops, em pequenos saquinhos, e pode ser aplicada sobre objetos e móveis onde você deseja que o gato passe mais tempo. Alguns brinquedos para gatos também já são vendidos contendo catnip em seu interior.


Já as sementes são encontradas em lojas de produtos para jardinagem e algumas floriculturas, e podem ser plantadas para que o gato entre em contato direto com a erva em seu estado natural. Se você conhece alguém que já cultiva catnip, também pode transplantar uma muda da planta crescida. Para quem tem interesse em cultivar a catnip em casa, aqui vão algumas dicas.


1. A melhor época para plantar é agora no verão, por causa da maior incidência de luz solar. Plante em um local bem iluminado ou mova a planta para áreas ensolaradas com frequência. No caso de apartamentos onde não bate muito sol, plante a erva em mais de um vaso, para que possa fazer um rodízio entre eles, deixando um no interior da residência e o outro em uma área externa ensolarada, trocando de tempos em tempos. Mas fique atento: a exposição ao sol forte durante muito tempo pode prejudicar a planta, ressecando-a.


2. A catnip é uma erva daninha e, quando menos se espera, ela pode se alastrar pelo jardim e até mesmo crescer em áreas indesejadas. Por isso, reserve um local específico para o plantio da catnip, mantendo-a afastada também de outras plantas, para que os gatos possam brincar e rolar sem destruir o restante do jardim.