Destaque

Chocolate para gato pode?

A páscoa está chegando. Hora de deixar cenouras para o coelho em troca de deliciosos ovos de chocolate. Opção é o que não falta. Tem ovos com brinquedo, sem brinquedo, recheados, de chocolate preto, branco, meio amargo, belga... Difícil achar quem resista. E difícil também achar gatinhos que não joguem aquele charme para ganhar um pedacinho. A gente sabe que é quase impossível resistir à carinha pedinte dos bichinhos, mas uma alegria momentânea pode se tornar em uma grande dor de cabeça mais pra frente.

Posso dividir meu ovo de páscoa com meu gatinho?

Não! O chocolate contém uma substância chamada teobromina, presente no cacau, facilmente metabolizada pelo nosso organismo, mas que faz muito mal aos pets. Além disso, também podem conter cafeína. Essas substâncias podem causar taquicardia, vômito, febre e convulsão. Se a quantidade for muito alta, pode resultar até mesmo na morte do gato.

Com uma porção reduzida (35g), o gatinho já pode apresentar vômitos e diarreia. Ao dobrar a porção, os batimentos cardíacos ficam acelerados. Consumindo aproximadamente 100g, o pet pode ter tremores e convulsões e vir a morrer. Quanto maior o teor de cacau no chocolate, mais perigoso.

Em geral, gatos são muito sensíveis a várias substância presentes nos alimentos feitos para humanos, então não dê nenhum alimento para seu pet antes de consultar seu veterinário.

Sinais de intoxicação

  • Aumento na ingestão de água;

  • Vômito;

  • Diarreia;

  • Falta de coordenação dos movimentos;

  • Tremores musculares e convulsões;

  • Arritmias cardíacas, como a taqu