Destaque

MEXENDO O ESQUELETO! – A ESTRUTURA ÓSSEA DOS GATOS




O esqueleto do gato é uma verdadeira máquina de ossos. Enquanto os humanos possuem 206 ossos, o gatos domésticos têm cerca de 250, dependendo do comprimento da cauda e o número de dedos. 10% dos ossos dos gatos encontra-se na cauda, a qual possui um papel fundamental no equilíbrio do corpo.


Essa quantidade superior no número de ossos faz com que o gato seja extremamente flexível, permitindo que rode seu corpo no ar e desta forma caia no chão em pé, desde que haja tempo hábil para este movimento.


Os gatos não possuem clavículas, mas sim uma pequena cartilagem clavicular, possibilitando entrar em qualquer abertura estreita e alargando sua passada durante a corrida. O gato doméstico consegue atingir aproximadamente 50 km/h.


Uma das partes anatômicas mais fascinantes do gato são as patas. A relação entre as “almofadas” que amortecem as quedas e as garras retráteis nos dão uma ideia da adaptação ao meio atingida por este animal. A contração