Destaque

Primeiros socorros para gatos

Os gatos são muito curiosos e têm uma certa “mania” de se meter em enrascadas ao ir xeretar alguma coisa.

Mas às vezes essa curiosidade pode colocá-los em perigo. E, se você souber reconhecer os sinais e como proceder, poderá salvar a vida dele.

Saiba agora algumas situações de risco em que seu ronrom pode se pôr e como proceder:

Choques elétricos

Gatos adoram brincar com fios e, caso haja algum fio elétrico a que eles tenham acesso fácil, acabam mastigando por achar divertido, correndo o risco de levar uma forte descarga elétrica.

Isto irá acarretar em queimaduras muito graves no local em que recebeu o choque e estas são difíceis de cicatrizar.

Ao choque elétrico estão associados também edema pulmonar e estado de choque.

Apenas o veterinário poderá determinar o quadro de seu animal e o tratamento. Leve-o imediatamente à uma clínica/hospital veterinário.

Ferimento com hemorragia

Se seu gato sofreu alguma queda, mordida, atropelamento ou qualquer outro acidente que causou uma hemorragia aparente, antes de qualquer coisa é necessário estancá-la.

Aproxime-se dele com calma e delicadeza, pois ele já estará assustado e, se você fizer qualquer movimento brusco, poderá fazer com que ele fuja.

Utilize um pano caso para contê-lo, caso ele tente morder você.

Umedeça uma gaze ou pano limpo com água oxigenada ou soro fisiológico. Caso não tenha, utilize apenas um pano limpo e coloque em cima do ferimento, pressionando fortemente