Destaque

Novo gato na casa: dicas para facilitar a adaptação desse integrante na família


Animal de estimação pode ser uma ótima experiência, principalmente quando o bichinho é recebido com a estrutura e cuidados adequados para o seu bem-estar. A convivência pode ser tão gratificante que muitos tomam a decisão de introduzir um novo gato na casa. Mas a socialização deve ocorrer por conta dos animais ou existem algumas prevenções que ajudam a minimizar os atritos e o estresse?


De acordo com o especialista em bem-estar animal, Luis Andrés Gonzalez, os gatos - assim como seus parentes selvagens mais próximos -, são animais solitários que se socializam em circunstâncias específicas. Então, apesar de conviverem pacificamente com outros animais, tal tolerância ocorreu através do estilo de vida dos humanos, pois ao habitarmos espaços cada vez menores, “forçamos” os bichanos a essa relação amigável. Mas tudo tem limite. No caso de introduzir um novo gato na casa, é importante seguir alguns passos, te paciência e observar os sinais que emite. Impor o convívio pode ser uma experiência desastrosa, gerando alto grau de conflito por recursos como a comida, água, caixinha de areia e até mesmo a atenção do dono. “O gato ainda pode ficar apático, perder o apetite, apresentar quadros de depressão e adoecer, gerando muita frustração e estresse aos donos também”, disse o especialista, que enfatizou a importância de ações preventivas. Vejamos algumas delas.



Qual a primeira medida a ser tomada ao introduzir um novo gato no lar?


Especialista: Quando o novo gato chegar, o indicado é deixá-lo em um ambiente separado – com água, comida, caixinha de areia, brinquedos -, evitando o confronto direto com os demais animais da casa.



Por quanto tempo devem estar separados?


Especialista: Isso varia com cada caso, mas o ideal é não ter pressa. Os gatos se guiam pelo visual, cheiro e feromonas (mensageiros químicos que emitem informações sobre os animais). Então, a tática aqui é rotar os ambientes para que os animais se familiarizem com o cheiro e as feromonas um dos outros, reduzindo a estranheza ao estabelecerem o contato visual.



O que é importante observar ao estabelecer o primeiro contato visual?


Especialista: É importante observar o comportamento corporal dos animais. A princípio, os gatos evitam uma agressão direta. Em caso de conflito, o olhar fixo, a vocalização e o pelo eriçado são sinais de advertência, indicando a necessidade que retomar à etapa anterior. Se o quadro de rejeição permanecer