Destaque

Obstrução Urinária Felina

Ocorre com certa frequência de gatos apresentarem problemas urinários em determinada altura da sua vida. As doenças do trato urinário inferior felino (DTUIF) incluem cálculos urinários, obstrução das vias urinárias (ureteres e uretra) e inflamação da bexiga (cistite) ou uretra (uretrite).


Os gatos que apresentam essas doenças geralmente têm entre dois e seis anos de idade, e o risco de desenvolverem problemas urinários pode diminuir com o avanço da idade, sendo mais comuns entre gatos mais jovens. Os gatos machos - principalmente os castrados - correm maior risco de desenvolver obstruções na uretra, enquanto a cistite e a uretrite são mais comuns em fêmeas. Isso ocorre porque nos machos a uretra tem um formato fino e estreito, enquanto nas fêmeas a uretra é curta e larga.


Nesse post, explicaremos sobre a obstrução das vias urinárias dos gatos e seus sintomas, causas, tratamento e medidas de prevenção. A obstrução urinária necessita de tratamento imediato, pois, quando apresenta esse problema, o gato não consegue eliminar devidamente a urina produzida, então a bexiga vai enchendo de urina, causando dor e muito incômodo abdominal ao animal.


Quando a obstrução permanece sem tratamento, a bexiga pode atingir um volume que pressiona os rins e estes param de produzir urina. Assim, os resíduos filtrados se acumulam no sangue e o gato passa a sentir náuseas e falta de apetite.


E não para por aí... É possível que o caso se agrave ainda mais quando ocorre desidratação, falência renal e as toxinas presentes no sangue causam desequilíbrio nos eletrólitos. Esse quadro pode levar a arritmias cardíacas e falência de outros órgãos. Além disso, pode acontecer o rompimento da bexiga que resulta em intoxicação em um organismo já debilitado, levando o gato à morte. Se não for descoberta e tratada a tempo, a doença pode ser fatal e pode levar o animal ao coma e a óbito de 48 a 72 horas.


Casos de obstrução urinária devem são tratados como URGÊNCIA MÉDICA, pois colocam em risco a vida do animal. Portanto é importante ficar bem atento se o seu gato (ou a sua gata) presentar algum desses indícios:


- Ir para a caixa de areia com muita frequência e urinar pouco ou nada;

- Miar ao tentar urinar;

- Urinar com sangue;

- O gato também pode lamber excessivamente os genitais quando não consegue urinar;

- Nos machos, pode ocorrer de a parte interna do pênis ficar visível.


São consideradas as principais causas de obstrução das vias urinárias:


- Infecções na uretra;