Destaque

Por que os gatos gastam tanto tempo se lambendo?

À primeira vista, a resposta automática é coerente: o gato passa horas se lambendo para ficar limpinho. Tanto é assim, que não é raro as pessoas relacionarem esse comportamento com o fato de os gatos não terem cheiro como os cachorros. Mas também é certo que este mecanismo, desenvolvido a partir da terceira semana de vida, relaciona-se com questões que talvez você nunca imaginou...


Isolante térmico

A limpeza repetida do pelo com a língua está além da eliminação da poeira e dos restos de comida que ficaram grudados. Um de seus principais objetivos é manter o pelo lisinho. Vaidade felina? Até que parece, mas esta não é a causa. O gato faz isso para manter turbinado seu principal isolante térmico, já que um pelo com frizz compromete a proteção contra o frio e o calor. Tá pensando que frizz é um problema exclusivamente feminino?! É não.

Como no inverno a ideia de proteção através do pelo faz mais sentido, fica a pergunta sobre sua função em períodos quentes. Diferente dos seres humanos, os bichanos não possuem glândulas sudoríparas, logo, não podem suar. Portanto, ao depositarem repetidamente a saliva sobre o pelo, ela se evapora e ele se refrescahhhhhhhhhhh.

Se ele está sob o sol, aumentará o ritmo das lambidas, e não se empolgue achando que é para ele suar. O gato faz isso porque a ação do sol sobre sua pele produz vitamina D, fundamental para sua saúde.


O gosto do teu cheiro


Basta acariciar seu gatinho, para logo ele se afastar e sentar longe de você, dando início a um longo banho de língua. Para quem não está familiarizado com este comportamento, pode até se ofender. Mas calma, a justificativa tem causa: o frizzzzzzzzz. Lembre-se, gente: o gato é quase tão obcecado com o frizz quanto nós, mulheres.

Mas existem outras duas razões – relacionadas com os humanos - para ele se lamber após um carinho, centralizado no cheiro de nossas mãos. Por um lado, o odor de nossas mãos - seja por causa de um creme, sabonete ou algum tempero que manuseamos – desestabiliza o gatinho por camuflarmos o seu próprio cheiro. De outro, porque o gato quer saborear o cheiro do dono, lendo os sinais que recebe de suas glândulas sudoríparas.

Uma terceira razão, que é referente ao vínculo entre animais, não possui foco na higiene mútua, como é comum acreditar. Seu objetivo está no fortalecimento de uma relação amistosa entre animais que cresceram juntos, o que demonstra a existência de um forte laço entre gatos ou entre cachorro e gato.


Entre o alívio da tensão e a ansiedade

A lambida no pelo é uma conduta utilizada quando os gatos estão agitados, ajudando aliviar a tensão de encontros sociais com outros gatos ou seres humanos desconhecidos. Tem função parecida com o ato de coçar a cabeça quando estamos diante de um evento conflitivo.

Entretanto, gatos propensos à excitabilidade - incluindo os que têm crise de ansiedade -, podem desenvolver transtornos com relação à lambida, causando grandes sofrimentos. Por isso, é importante evitar que seu bichano desenvolva esse tipo de doença. O enriquecimento ambiental e o condicionamento a um bom comportamento, entre outros cuidados, ajudam o seu gatinho a ter uma vida feliz e saudável.

Imagens: Zaimoku Woopile (Flick) / Juniors Bildarchiv (age fotostock) / Istock Awakenedeye

#Comportamento #lamber #lambida #pelo #isolantetérmico #ansiedade #relacionamento

Enquete
Publicações recentes
Arquivo
Tags
Nenhum tag.

Adote um Ronrom © 2016

Site criado por mmkittens.com

  • Facebook Social Icon

Curta o Adote um Ronrom no Facebook

  • Instagram Social Icon

Siga o Adote um Ronrom no Instagram