Destaque

Linguagem corporal: o que as orelhas do seu ronrom querem dizer

Quem convive com gatos sabe o quanto esses animais são expressivos. Comportamentos como movida de orelha ou rabo, eriçado de pelo, o ronronar, etc. são formas de eles se comunicarem com o mundo e com você. Desse ponto de vista, identificar os gestos de seu bichano pode ser um divertido e interessante treinamento, além de fortalecer seu vínculo com ele.


Aqui no blog já citamos alguns em outros posts. Hoje vamos dedicar espaço para a linguagem de uma importante estrutura corporal dos bichanos: as orelhas.

Antenas em forma de orelhinhas

Diferente de nós, humanos, os gatos têm uma orelha muito expressiva. Trata-se de um radar sempre atento aos sons que provêm de diferentes fontes, além de ser um indicador emocional. Para você ter uma ideia, existem cinco sinais básicos relacionados aos estados: tranquilo, alerta, agitado, defensivo e agressivo.

Opa, alerta!

Se o gato está em repouso e, de repente, se agita para se concentrar em algo, as orelhas entram em estado de alerta: as orelhas ficam completamente eretas e giram de forma que sua abertura aponte para frente, acompanhando a mirada felina. Haverá mudança brusca se próximo ao animal ocorrer outro ruído, e então as orelhas e o olhar se voltam para essa direção.